O presidente do Brasil Jair Bolsonaro recebeu os atletas campeões mundiais do revezamento 4×100 m e integrantes da delegação brasileira, após campanha histórica do atletismo no Mundial de Yokohama, Japão, nesta terça-feira (21/5), no Palácio da Alvorada, em Brasília. Os atletas ainda foram homenageados por funcionários e pelo presidente da Caixa Econômica Federal Pedro Guimarães na sede do banco, em Brasília. A Caixa tem uma parceria com o atletismo que já dura quase 20 anos, a idade de Paulo André, o velocista mais jovem na conquista do título inédito do atletismo brasileiro.

Os campeões, que são militares e integram o Programa Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas (PAAR), criado em 2008 para tornar o Brasil mais competitivo nas modalidades olímpicas, também receberam cumprimentos do ministro da Defesa Fernando Azevedo na segunda-feira (20/5).

No Palácio da Alvorada, acompanhado da primeira dama Michelle Bolsonaro e de ministros e autoridades militares e ligadas a Secretaria Nacional do Esporte, o presidente ouviu os atletas e tirou fotos com o bastão que simboliza o ouro do revezamento.

“Nós sabemos o esforço de todos para chegarem até aqui. Eu fui atleta e vocês me fazem voltar no tempo. Estou muito feliz e orgulhoso, representaram muito bem o Brasil”, destacou o presidente Jair Bolsonaro. 

Estavam em Brasília, os atletas sargentos Paulo André (EC Pinheiros), da Marinha, Rodrigo Nascimento e Vitor Hugo (Orcampi Unimed), do Exército, Derick Silva e Jorge Vides (ambos do Pinheiros), da Aeronáutica – e o treinador Felipe de Siqueira, do 4×100 m, acompanhados do presidente da Confederação Brasileira de Atletismo Warlindo Carneiro da Silva Filho. 

Na mesma cerimônia também estiveram com a Seleção Brasileira em Brasília as atletas Ana Carolina Azevedo (Orcampi Unimed) e Lorraine Martins (CT Deo-RJ) e o técnico Carlos Alberto Cavalheiro, representando o 4×100 m feminino que terminou na 4ª colocação no 4×100 m em Yokohama, garantindo vaga para o Mundial de Doha, no Catar, de 27 de setembro a 6 de outubro. 

Outro destaque foi o marchador Caio Bonfim (CASO-DF), da Aeronáutica, terceiro colocado no IAAF Race Walking Challenge de Taicang, na China, neste mês de maio, e líder do Circuito Mundial de Marcha Atlética 2019.

“Foram visitas emocionantes, num momento positivo para o atletismo em termos de conquistas, que vai trazer muitas coisas boas, não só para o atletismo como também para os outros esportes olímpicos”, afirmou o presidente da CBAt Warlindo Carneiro da Silva Filho. “O presidente Bolsonaro prometeu apoiar os esportes, o ministro Omar Terra, da Cidadania, disse que o objetivo é triplicar a Bolsa Atleta, principalmente para a base. E o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, prometeu todo o apoio na manutenção dos projetos sociais e do alto rendimento, que é fundamental. O ministro da Defesa Fernando Azevedo nos recebeu muito bem.” Também participou da cerimônia o Secretário Especial do Esporte, Décio dos Santos Brasil.

Warlindo disse que todos ficaram deslumbrados no contato com os atletas e até emocionados com as histórias dos campeões. “Foi sensacional para o esporte brasileiro de uma forma em geral e principalmente para o atletismo. A conquista permitiu uma outra visão do Ministério da Cidadania, do Ministério da Defesa e da Caixa para com o esporte nesse momento. Uma vitória para o Brasil que chegou num momento em que o país precisa de fatos positivos”, afirmou. “Acabaram as comemorações é voltar a correr pensando nos Jogos de Tóquio.”

O atleta Rodrigo Nascimento que abriu o revezamento disse que a Caixa fez “uma cerimônia muito legal”, com a participação dos funcionários e de pessoas simples que trabalham para a Caixa e gostam de esporte. Em seu discurso o presidente da Caixa Pedro Guimarães falou da importância da Caixa em todo o processo do esporte brasileiro.

“Foi uma homenagem bonita”. Os atletas foram chamados ao palco, receberam um troféu e uma camiseta alusivos ao título inédito. Todos assistiram ao vídeo da corrida. “Emocionante! Também fizemos fotos com as pessoas. Foi bem legal ser recebido pelo Pedro Guimarães com tanta simpatia. Ele nos recebeu superbem, nos parabenizou, fez fotos com a gente e destacou a importância da Caixa para o esporte brasileiro e o atletismo.”

A Caixa é a patrocinadora oficial do atletismo brasileiro.

PUBLICIDADE
COMPARTILHAR