Depois da participação na campanha Inequality Balls, lançada no primeiro semestre de 2018, que mostra a desigualdade no esporte em gráficos gravados em bolas, a Penalty assume de vez a causa e desenvolve a Linha Manifesto, dedicada a pessoas com personalidade, consciência social e que lutam por aquilo que acreditam.

Com calçados, bola e peças de confecção, Manifesto estreia com a coleção Caveira, defendendo o conceito de que por baixo da pele somos todos iguais, independente de raça, sexo, classe social ou preferências. As peças trazem um design urbano com referências de street art e produtos para uso casual e para praticantes do futebol.

“Igualdade no futebol” é a mensagem da coleção Caveira. Com solado de society e de futsal, a linha oferece dois modelos, ambos inspirados na caveira e com duas combinações de cores: preto, coral e branco e branco, preto e prata.

Para os dois solados está disponível também a versão Pró, destinada a atletas profissionais. Os calçados de futsal, por exemplo, serão usados pelos jogadores da Seleção Brasileira de Futsal, que é patrocinada pela marca. Os preços são R$ 179,99 para o modelo Locker Vlll e R$ 329,99 para o Pro Vlll.

Seguindo o mesmo design, a Penalty traz autenticidade para as quadras com a Bola Futsal 500 Manifesto. Camisas completam o time da coleção Caveira, estampando os dizeres “igualdade no futebol”.

O cantor Projota deu voz ao manifesto pela igualdade no esporte nos dois filmes da campanha. Atletas da Seleção Brasileira de Futsal Masculina e Feminina, grafiteiros e meninos e meninas beneficiados pela ONG Futebol Social e pelo Projeto Quilombola imprimem o tom de manifesto dos vídeos.

No primeiro filme, o foco são as mensagens que ecoam as atuais desigualdades no esporte; já o segundo, mostra a contribuição da Penalty com iniciativas que propõem a transformação social por meio da prática esportiva, um dos principais pilares da marca. Assinada pela CDR+, a campanha tem veiculação exclusivamente digital.

 

PUBLICIDADE