Sistema de reconhecimento facial em estádios uruguaios ganha prêmio

68

Os estádios uruguaios Grand Parque Central, Campeón del Siglo e Centenário, de Nacional, Peñarol e Seleção Uruguaia, respectivamente, agora contam com uma tecnologia que identifica e proíbe o acesso de torcedores violentos a partidas de futebol. A solução de videomonitoramento com reconhecimento facial identifica até 25 rostos por segundo nos pontos de acesso aos três estádios.

O projeto, com câmeras da Axis Communications, recebeu o prêmio 2018 da Associação Latinoamericana de Segurança (ALAS) na categoria de projeto mais inovador do setor privado. O projeto foi selecionado entre 23 outros concorrentes da mesma categoria. Ao todo, foram 49 propostas recebidas pelo concurso.

A tecnologia permite um monitoramento eficiente do que acontece nos diferentes setores do estádio. As câmeras, somadas ao software Herta Security, detectam qualquer pessoa registrada como perigosa graças a uma lista unificada entre a Associação de Futebol do Uruguai, o Ministério de Interior e os próprios clubes. Na mesma hora, um agente de segurança recebe alertas automáticos.

A Associação Latinoamericana de Segurança é a principal organização que reúne as empresas do setor de segurança na América Latina, apoiada por fabricantes, distribuidores, usuários finais, integradores e prestadores de serviços com mais de 20 anos de experiência no mercado.

PUBLICIDADE